O LIVRO E A INTERNET

A internet é onipresente. Sua tecnologia aproximou pessoas, grupos e interesses. Revolucionou costumes e ideias. Transformou o mundo. A lista de benefícios é imensa e parece não ter fim. A internet trouxe também, não poderia ser diferente, malefícios e novos desafios para o mundo moderno. No universo dos livros, os livros eletrônicos (e-books) sacudiram o mercado. Viraram febre e para muitos era o início do fim do livro em papel. Isso não aconteceu. O livro eletrônico conquistou seu espaço. O livro impresso sobreviveu e, segundo pesquisas recentes, é a preferência de 75% dos leitores – o que indica que ainda terá vida longa.
Milhares de escritores novos e independentes, sem espaço nas editoras comerciais, viram no livro eletrônico a oportunidade para publicar seu trabalho. A facilidade e os baixos custos transformaram a web num grande depósito de arquivos digitais. Poucos conseguem mídia, destaque e número de vendas igual ou maior que as de um livro impresso.
Especialistas de diversas áreas têm demonstrado preocupação com o tempo que as pessoas estão passando na web, principalmente nas redes sociais, seja no celular ou tablet, seja no velho PC. Campanhas e softwares têm alertado usuários do perigo que é ficar horas e horas conectado. A vida real, de verdade, acontece fora da caixinha. Nada substitui o contato, a presença, o tato, o momento, o cheiro das coisas. Isso vale também para a literatura.
O escritor precisa de seu público. Precisa reaproximar-se das pessoas, voltar a frequentar eventos literários, clubes de leitura, tardes e noites de autógrafos. Precisa autografar, sentir de perto, no coração de suas emoções, a energia do leitor.
Pensando nisso, a Scortecci, que edita, imprime e comercializa livros em pequenas tiragens desde 1982, abriu uma nova frente de negócio: prestação de serviço para a impressão de livros eletrônicos ou e-books.
Passada a febre dos e-books, percebemos aumento no número de autores interessados em publicar seu livro também na versão impressa. Se você faz parte desse grupo, nos procure através do site (www.scortecci.com.br) e saiba como podemos lhe ajudar.

João Scortecci
Ler Mais

Bienal do Livro começa hoje em Brasília

Jornal do Brasil - 20/08/2018 |

Com grandes nomes da literatura contemporânea, a 4º Bienal Brasil do Livro e da Leitura, em Brasília, pretende romper bolhas ideológicas virtuais e reais com a proposta de aproximar grupos com afinidades distintas. O evento começa hoje (18) e vai até o dia 26.

"Hoje, pela polarização política, fragmentação das famílias, incertezas do mercado de trabalho, as pessoas acabam se fechando em bolhas e acabam entendendo os outros por meio de estereótipos", diz um dos curadores da Bienal Sergio Leo. "As pessoas estão muito confusas e temerosas com o futuro. Acabam se reunindo não pela identidade, mas por um inimigo em comum, seja o homossexual, o imigrante, inventam espantalhos e brigam, cobrem de estereótipos e transformam grupos em verdadeiros vilões". 

O evento irá trazer pela primeira vez ao Brasil autores como o premiado nigeriano Chigozie Obioma, autor do romance Os Pescadores. Também pretende propor reflexões sobre o tema Os outros somos nós, que faz um convite "a mergulhar nas experiências alheias para sentir suas dores e desejos", como descreve a organização.

O curador explica que a intenção foi buscar autores "que fugiam do estereótipo e que fossem capazes de fazer com que os leitores alcançassem uma identificação, que entendessem melhor determinado segmento da população, seja da população negra, feminina, indígena, LGBT [Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros]".

Fazem parte da programação os autores Josélia Aguiar, curadora da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), que segundo Sergio Leo, falará sobre o livro ainda não lançado sobre o escritor Jorge Amado; Miriam Alves, que participará da mesa O racismo na cultura; Ana Maria Gonçalves, na mesa Distopias femininas; Daniel Munduruku, que abordará o índio na literatura, entre outros.   

Além dos encontros com os autores, haverá um mercado literário. Segundo a diretora geral da Bienal, Suzzy Souza, parte dos expositores da feira de livros estão participando pela primeira vez da Bienal, "trazendo mais diversidade de títulos disponíveis à venda".

Ler Mais: Jornal do Brasil
Ler Mais

Iniciadas as obras de reforma e modernização da Biblioteca Demonstrativa, em Brasília

Ministério da Cultura - 20/08/2018 |

Foram iniciadas as obras de reforma e modernização da Biblioteca Demonstrativa Maria Conceição Moreira Salles (BDB), feitas com investimentos de R$ 1,764 milhão do Ministério da Cultura (MinC).

A Engeste Engenharia, empreiteira responsável pela reforma, já começou a montagem do canteiro de obras. O prédio será isolado com tapumes para garantir a segurança das pessoas que transitam pelo local. A previsão é de que a obra seja concluída em 180 dias.

O projeto arquitetônico da nova Biblioteca Demonstrativa prevê a ampliação de sua área construída de 1.300 m² para 1.550 m², o que vai permitir a inclusão de mais banheiros e uma nova distribuição dos espaços, com a instalação de palco para eventos, brinquedoteca, área externa para leitura, espaço de contação de histórias, biblioteca acessível para cegos e lanchonete. Também serão construídas passagens ligando o edifício principal à área anexa, que será ampliada para receber mais acervo. Outra novidade do projeto é o uso de telhas termoacústicas, que reduzem o barulho externo e o uso de ar condicionado.

"Entregaremos uma biblioteca muito melhor à comunidade, mais ampla, melhor estruturada e com acervo mais diversificado", ressaltou o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão. Segundo ele, com as melhorias feitas, a BDB cumprirá o papel de ser referência no Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP). 

Ler Mais: Ministério da Cultura
Ler Mais

Festival Literário de Cabo Frio, RJ, terá três dias de apresentações artísticas a partir desta quinta-feira

G1 - 16/08/2018 |

O Festival Literário Cabo-friense (Flic) começa nesta quinta-feira (16) na Casa de Cultura e Museu José de Dome, o Charitas, com performances literárias e musicais, palestras e programação infantil. O evento em Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio, será gratuito e vai até sábado (18).

Na quinta-feira (16), às 18h, será realizada a abertura solene Fala das Flores, com a escritora Jaqueline Brum e a poetisa Andréa Rezende Keren, organizadoras do evento. A programação de abertura inclui ainda o lançamento do livro Amor e Dor, da escritora Célia Regina e show da cantora Juliana Feliciano.

Na sexta-feira (17), o Charitas recebe o público em um dia inteiro de programação infantojuvenil. Às 9h, haverá a Ciranda Cultural com Jaqueline Brum e Sarah Dhy, e recreação até às 11h30. Com retorno às 14h, a criançada poderá curtir contação de histórias, fábrica de músicas e recreação.

Ler Mais: G1
Ler Mais

Teresina Inspira Literatura: Escritoras superam barreiras na produção literária

G1 - Lucas Marreiros - 16/08/2018 |

Em comemoração ao aniversário de 166 anos da capital do Piauí, nesta quinta-feira (16), o especial Teresina Inspira reúne histórias de pessoas que produzem arte na cidade, como a literatura. O G1 reuniu a história de três escritoras sobre como a cidade é palco para seus trabalhos e as barreiras superadas por elas na produção literária local.

A servidora pública Cynthia Osório, 33 anos, escreve poesia há cerca de dez anos, ela nasceu em Oeiras, primeira capital do Piauí e hoje mora em Teresina. Para ela, escreve significa relatar o cotidiano da vida na cidade e suas peculiaridades.

“Teresina aparece indiretamente nos meus poemas. Minha escrita é intimista e como eu vivo aqui acaba que o lugar que eu moro influencia nos meus modos de sentir e ver as coisas. O cotidiano aqui é uma temática recorrente nas minhas escritas”, contou.

Cynthia teve poemas publicados no zine Desembucha Mulher, uma publicação independente idealizado pela escritora Dani Marques, 33 anos, para reunir a produção literária de mulheres.

A poeta reconhece na iniciativa uma forma de combater o domínio dos homens na produção literária e estimular mulheres a escreverem.

Ler Mais: G1
Ler Mais

1º Festival de Literatura do Sertão do São Francisco vai homenagear escritor de Petrolina, PE; veja a programação

G1 - 16/08/20189 |

Entre os dias 29 de agosto e 2 de setembro, a cidade de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, sediará a 1° edição do Festival de Literatura do Sertão do São Francisco (FliSertão). O festival vai homenagear o escritor Antônio Padilha, autor do livro ‘Pedro e Lina’, um romance sobre o surgimento da cidade.

A programação foi apresentada na terça-feira (14), durante um evento no Parque Josepha Coelho. Todas as atividades do FliSertão serão gratuitas. Durante o festival, serão realizados lançamento de livros, debates com o público e palestras com a presença de autores de diversos universos literários. A feira também contará com um concurso literário para crianças e jovens, com objetivo de incentivar a produção literária. Segundo os organizadores, a ideia é garantir uma programação que atenda a todos os públicos.

O FliSertão está sendo promovido pela prefeitura e uma editora de livros. O tema do festival é: “Petrolina: cidade alfabetizadora”. De acordo com a organização, serão realizadas atividades em dois polos. “No Centro de Convenções, o Festival vai contar com mais de 50 estandes, funcionando das 9h às 21h e com expectativa de público de 20 mil visitantes. No Josepha Coelho, a estimativa é de receber mais de 5 mil pessoas”.

Ler Mais: G1 

Ler Mais

Academia Feminina de Letras inaugura 'Biblioteca do Autor Montes-clarense'

G1 - 16/08/2018|

Como forma de valorizar o talento literário de Montes Claros, a Academia Feminina de Letras vai inaugurar na noite desta terça-feira (14), às 19h30, a Biblioteca do Autor Montes-clarense. No espaço ficará disponível um acervo com mais de mil livros e centenas de revistas produzidos ao longo dos 161 anos da cidade.

A precursora do projeto, Felicidade Patrocínio, é presidente da academia e conta que o número tende a aumentar, à medida que os próprios autores contribuam com doações de exemplares. O projeto tem como finalidade principal expandir a produção literária, e, consequentemente, modificar de forma positiva a sociedade.

“Sabemos que um bom livro transforma e, a partir disso, ele vai mexer na relação eu-mundo, no qual o sujeito se torna mais consciente e atento para a própria realidade. Com isso, passa a agir como elemento transformador do meio em que vive. Incentivamos a leitura porque sabemos que as ideias são as armas mais potentes e, como diz o escritor argentino Jorge Luis, a leitura é uma das possibilidades de felicidade”, comenta.

Ler Mais: G1 
Ler Mais

São Paulo ganha novo espaço cultural

São Paulo, 15 de agosto de 2018 - Na noite de 24 de agosto, sexta-feira, a cidade de São Paulo ganhará um novo espaço de expressão cultural, aberto ao público. O Espaço Cultural ESPM, com 268 lugares, abrigará uma agenda de eventos educativos, culturais e artísticos, como peças de teatro, shows musicais, stand ups e festivais de música e de cinema.
Localizado na Vila Mariana, na Zona Sul de São Paulo, o Espaço Cultural ESPM será inaugurado com um show do cantor Pedro Mariano e terá apresentação da atriz e diretora de cinema e teatro Eliana Fonseca. O evento de inauguração será fechado para convidados.
Parte da renda gerada pelo Espaço Cultural será destinada ao fundo de bolsas de estudo da ESPM, que financia alunos de baixa renda e alto desempenho nos vestibulares promovidos pela instituição.
A curadoria e a gestão do Espaço Cultural ESPM serão da Kissus Produção Promoções, em parceria com a ESPM. A programação cultural ocorrerá apenas em finais de semana, feriados e durante as férias escolares.
O projeto conta com a participação de representantes de diversas entidades estudantis da ESPM. A identidade visual do novo espaço, por exemplo, está sendo desenvolvida pela equipe da Arenas, agência experimental de comunicação da escola, e será apresentada na inauguração.

Confira a programação do Espaço Cultural ESPM:

AGOSTO
sábado - 25 de agosto
11h00 - SACOLETRAS com Claudio Thebas
15h00: Peça "O Buraquinho"
20h30 - Tritono Blues - especial Ray Charles
domingo - 26 de agosto
11h00 - Paulo Tadeu - Stand Up "Proibidos para maiores"
15h00: Peça "O Buraquinho"
19h00 - Show MDB com Rafael Cortez + Pedra Letícia

SETEMBRO
sábado - 1 de setembro
11H00 - CIA LE TEMPÊ - "Canto, poesia e canção" - infantil
15H00 - PALESTRA SHOW - "O PSICALNALISTA E O PALHAÇO - A arte da escuta" - com Chistian Dunker e Claudio Thebas
20h30 - Calango Brabo - fusão da música regional brasileira com Rock
domingo - 2 de setembro
9h00 -Yoga na área de Convivência - show e Meditação com Marcus Santurys no ECESPM
sábado - 22 de setembro
20H30 - QUARTETUM BOSSA NOVA DELHI - com Osmar Barutti, Marcus Santurys, Valentina Pecora e Marcellus Meirelles.
domingo - 23 de setembro
9h00 -Yoga na área de Convivência - Música & Meditação com Marcus Santurys e convidados
15h00 - CANÇÕES DE PAZ EM TRIBUTO À GANDHI - monólogo com ator João Signorelli acompanhado por Marcus Santurys no Sitar indiano.
19h00 - Palestra Rock Show Tamara Angel & Tejon "Os guerreiros não nascem prontos Rock&Roll"
domingo - 30 de setembro
9h00 -Yoga na área de Convivência - Música & Meditação com Marcus Santurys e convidados
15h00 - Lingua de Gato - Infantil com Ricardo Corte Real

A venda de ingressos será pelo site BILHETERIA EXPRESS.
Serviço
Espaço Cultural ESPM
Inauguração: 24 de agosto de 2018, às 19:30
Endereço: Auditório Philip Kotler - Rua Dr. Álvaro Alvim, 123, Vila Mariana -- São Paulo

Sobre a ESPM

A ESPM é uma escola de negócios inovadora, referência brasileira no ensino superior nas áreas de Comunicação, Marketing, Consumo, Administração e Economia Criativa. Seus 15 000 alunos dos cursos de graduação e de pós-graduação e mais de 1 200 funcionários estão distribuídos em cinco campi - três em São Paulo, um no Rio de Janeiro e um em Porto Alegre. O Lifelong learning, aprendizagem ao longo da vida profissional, o ensino de excelência e o foco no mercado são as bases da ESPM. Para isso, a instituição investe constantemente em novas metodologias de aprendizagem, tecnologias e infraestrutura.

Ler Mais

Primeira leva de livros doados pela ABL embarca na Corveta Barroso, da Marinha do Brasil, com destino a Moçambique

Academia Brasileira - 15/08/2018 |

Os livros da Academia Brasileira de Letras, doados pelos Acadêmicos, serão embarcados na Corveta Barroso, da Marinha do Brasil, nesta sexta-feira, dia 17 de agosto, com destino a Moçambique, e encaminhados à Biblioteca do Centro Cultural Brasil-Moçambique, da Embaixada do Brasil, e à Biblioteca Nacional de Maputo.

O Presidente da Academia Brasileira de Letras, poeta e escritor Marco Lucchesi, e a União Federal, por intermédio da Marinha do Brasil, representada pelo Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Paulo Cezar de Quadros Küster, assinaram, no dia 17 de julho, novo protocolo de intenções objetivando o transporte de livros, fornecidos pela ABL, para os países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. O acordo prevê, ainda, eventualmente, o envio de livros para algumas embaixadas do Brasil na Europa. Os países da CPLP, além do Brasil, são Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

Ler Mais: Academia Brasileira
Ler Mais

Biblioteca do CCBB reabrirá com novidades

Jornal do Brasil - 15/08/2018 |

Marcada pela aquisição de quatro mil novas publicações para o acervo e pela integração da videoteca ao catálogo da biblioteca, a biblioteca do Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro será reaberta no próximo dia 22 com a exposição “A arte da escrita”.

A exposição reúne obras de grandes nomes da literatura que já foram tema de projetos no CCBB RJ. Catálogos e materiais referentes aos eventos também fazem parte da mostra, em cartaz na Biblioteca, assim como objetos relacionados à escrita. Destaque para o catálogo de Machado de Assis – Tempo e Memória, exposição de abertura do Centro Cultural em outubro de 1989.

Criada em 1931 e incorporada ao Centro Cultural Banco do Brasil em 1989, a Biblioteca do Banco do Brasil, detentora de cerca de 150 mil exemplares, principalmente nas áreas de Artes, Literatura e Ciências Sociais oeferecerá ao público mais quatro mil exemplares,  metade por doação do embaixador René Haguenauer.

O acervo da videoteca também foi  integrado à biblioteca, a consulta pode ser feita no quinto andar e o filme assistido na sala multimídia. Os equipamentos dos terminais de busca também foram trocados e os visitantes têm dez computadores disponíveis para pesquisa.

Ler Mais: Jornal do Brasil
Ler Mais

Biblioteca Nacional bate recorde histórico de visitas

Ministério da Cultura - 15/08/2018 |

No Centro do Rio de Janeiro, o imponente prédio da Biblioteca Nacional (BN), entidade vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), dificilmente passa despercebido. Por si só, é um convite para adentrar uma das mais antigas instituições culturais do Brasil, com 200 anos de história. Com a fachada recém-reformada, promoção gratuita de visitas guiadas e oferta regular de exposições, a instituição alcançou recorde histórico de visitantes em julho: 16.108 pessoas. O número representa um aumento de 76,9% em relação ao mesmo período de 2017 e de 220% em relação ao mês de junho deste ano.

O número superou, inclusive, os registrados ao longo de grandes eventos ocorridos em anos anteriores. Durante a Jornada Mundial da Juventude, em julho de 2013, foram 10.478 visitantes; na Copa do Mundo, em julho de 2014, foram 8.878; e, durante as Olimpíadas, em julho de 2016, 6.955 pessoas passaram pelo local.

"Um ponto central para o aumento de visitas foi o restauro da fachada do prédio. Foi de uma relevância enorme, o prédio compõe o perfil da Cinelândia e voltou a ter seu protagonismo", afirma a presidente da BN, Helena Severo. "Ter esse número recorde significa que nossa casa está interagindo e cumprindo seu papel, que é preservar e difundir a memória nacional", completa.

A fachada restaurada foi entregue pelo MinC e pela Fundação Biblioteca Nacional em junho, após ficar quatro anos coberta por lonas e tapumes. A reforma, que durou 18 meses, contou com investimentos de R$ 10,7 milhões do Fundo Nacional da Cultura (FNC).

Ler Mais: Ministério da Cultura
Ler Mais

Seminário em São Paulo discute a literatura como um direito humano.

Pró Livro - 14/08/2018 |

Nos dias 14 e 15 de agosto, o Sesc Santana é palco de diálogos e encontros de leitores, escritores e bibliotecas com o XII Seminário Prazer em Ler: Bibliotecas comunitárias na promoção do direito humano à leitura, na Zona Norte da cidade. O evento tem mesas de debates com a presença dos escritores Djamila Ribeiro, Joel Ruffato, Jennifer Nascimento. Está programado ainda um cortejo literário com o grupo Escritureiros, slam de poesias com a Biblioteca Comunitária Solano Trindade, show com o grupo Clarianas e discotecagem com a DJ Bia Sankofa.

O evento tem debates sobre o direito humano à leitura, o poder humanizador da literatura, a produção literária de mulheres, além de relatos de experiências de bibliotecas públicas e comunitárias e de bibliotecas da Argentina e Colômbia.

No seminário serão apresentados dois produtos pioneiros sobre as bibliotecas comunitárias no Brasil: uma pesquisa sobre seu impacto na formação de leitores e um livro que revela as experiências mais significativas do trabalho que realizam em suas comunidades.

Este ano, o Programa Prazer em Ler (Instituto C&A) tem como parceiro na organização do evento, a Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias (RNBC) e o apoio da Fundação Itaú Social. Toda a programação do seminário é gratuita e aberta ao público. As inscrições estão abertas no link goo.gl/ZMb7g7

Ler Mais: Pró Livro
Ler Mais